segunda-feira, 7 de junho de 2010

Eu n sou a mesma sem você .


A sua ausência me maltrata desde o momento que eu vi você partir, senti como se o meu coração tivesse parado de bater, eu já não pensava mais em continuar viva, eu precisava de um motivo pra continuar e o único motivo que ainda me mantinha viva era você... Você que me deixou no momento que eu mais precisava de alguém ao meu lado, pra me apoiar, me aconselhar, me mostrar quando estivesse errada, me incentivar a fazer algo que eu realmente gostasse de fazer ao invés de viver pensando no que os outros iriam dizer. É verdade, nada é pra sempre... Não é mesmo? Você me prometeu que seria pra sempre, que todo o amor que sentia por mim era verdade, mas que amor é esse? Um amor que maltrata que machuca... Eu continuo a me perguntar: Que amor é esse?

Eu realmente não entendo o quão as pessoas são capazes de mentir para os outros e para si mesmos, é pra ter alguém ao seu lado somente pra não estar “sozinho”? Pode parecer mentira, mas existem pessoas que fazem isso sim! Que fingem “amar” alguém somente para satisfazer o seu ego de nunca estar sem ninguém para fazer companhia, deve ser o medo de morrer sozinho/ ou não, quem sabe né... Eu continuo me perguntando o porquê de tanta falsidade, pra mim um namoro sem amor não serve, fui burra durante todo esse tempo, sim, eu admito. Mas pelo menos isso me serviu de experiência para os próximos relacionamentos, se é que isso irá acontecer pra mim, se eu vou estar viva depois desse sofrimento todo. Meu mundo caiu no instante que eu me vi sem você, sinto tanta falta de ter comigo, eu posso estar me contradizendo, mas é realmente o que eu sinto, sem você eu me sinto como se fosse “ninguém”. Eu nunca fui de me apaixonar assim, eu não sabia do quanto eu seria capaz de amar alguém, mesmo que esse alguém não merecesse o meu amor. Eu não me toquei que tudo o que eu sentia por você não era recíproco, eu só acreditava em todas aquelas palavras doces que você me dizia, todas aquelas promessas... Sinto falta de você me dizendo que você era feliz junto a mim, mas será que tudo isso era verdade? Novamente acho que eu estou sendo boba em lembrar essas coisas e começar a acreditar novamente. Eu queria uma borracha pra apagar isso tudo, ou até mesmo, quem sabe, poder arrancar você definitivamente desse meu coração, mas como isso realmente não é possível, o tempo concerteza vai curar essa dor que estou sentindo, como dizem algumas pessoas: O TEMPO CURA TUDO! – eu acho que pode ser verdade, basta ter paciência. E eu vou conseguir...

Nenhum comentário:

Postar um comentário